Bracara Urbana: A curiosa história de Braga

De 1 a 12 de Junho, 10 artistas que responderam à chamada de propostas da Associação SYnergia, vieram ao Bracara Urbana – intervenção artística / graffiti festival, de várias proveniências desde Brasil, Argentina, Espanha e várias cidades Portuguesas, com forte representação bracarense.

Com a parceria da Câmara Municipal de Braga, Associação Braga+ e Transdev, este projecto foi coordenado por Matteo Braglia, voluntário SYnergia, no âmbito do programa Serviço de Voluntariado Europeu – Eramus + Juventude em Ação, cuja intervenção baseia-se na reconstrução temporal e objetiva dos acontecimentos e da historia dos povos que habitavam/habitam a atual cidade de Braga, criando assim uma sequência de 15 “frames” sobre as raízes desta importante cidade da península Ibérica.

Matteo Braglia, voluntário SYnergia é o coordenador deste projecto e pretendeu deixar uma marca na cidade de Braga, um festival de carácter inovador que promete despertar o interesse pela arte urbana, com efeito na requalificação e reabilitação urbana através da arte de rua (street art) que nasce para fazer da cidade e dos arredores, lugares mais vividos e coloridos.

Este espaço pretende tornar-se assim num hotspot de arte urbana que desencadeará novas iniciativas que darão continuidade a este e outros projectos de liberdade de expressão e criatividade.

Associação Synergia, desde a sua criação em 2004 tem promovido e desenvolvido em projectos de requalificação e reabilitação urbana através da arte de rua (street art) e agora estamos entusiasmados para continuar neste caminho, para fazer a cidade e os arredores de Braga lugares mais vividos e coloridos. Especialmente no centro da cidade, que durante todo o ano recebe milhares de turistas passear, e ainda existem algumas áreas para recuperar e regenerar.

Esta ação urbana é uma grande oportunidade para o desenvolvimento cívico da cidade, aproximar os jovens e a comunidade inteira para nossas raízes históricas e dar esse tom de cidade aberta as intervenções de requalificação urbana através de street art. Mesmo aproximar as pessoas ao graffiti, que muitas vezes é visto como vandalismo e não como uma forma de arte urbana.

A intervenção é ainda pensada enquanto projecto de reabilitação urbana e dinamização económica, onde a Estação de Camionagem enquanto local de intervenção surge como ponto de contacto com visitantes da cidade de Braga, criando impacto positivo sobre os turistas e demais passageiros através da arte e do património cultural da cidade.

A intervenções a que se chamou no seu conjunto “A Curiosa história de Braga” é complementada na parte lateral de cada trabalho por um código QR. Com um Smartphone e o simples uso de uma APP de leitura QR, será redirecionado para informação mais detalhada da história de cada época e do projecto.

Deixe uma resposta